3 de março de 2013

Carta ao Provedor da Inatel!


 Venho pelo presente reclamar e ao mesmo mostrar a minha indignação pela política desportiva e organizativa da Agência de Beja e passo a descrever:
- Existiu á pouco tempo um torneio de futebol de 11 com 47 equipas divididas em series por areas geográficas, principio correcto e segundo as normas da Fundação.

- Posteriormente foram apuradas 20 equipas para disputar uma fase final, estas foram divididas em series de 5, só que aqui o princípio da proximidades geográfica não foi levado em linha de conta e foi feito um “sorteio puro” o que originou uma profunda violação dos principios desportivos do Inatel, o que digo com alguma razão fui dirigente de uma Casa de Pessoal, quando o Presidente dessa instituição era o meu amigo e vizinho José Nogueira Pardal, antigo funcionário do Banco Totta & Açores, meu conterraneo de Aljustrel, além de que também joguei futebol por essa Casa, mas voltando ao tema esse procedimento vai ter os seguintes números: os CCC na totalidade para disputarem esse Torneio vão ter que percorrer cerca de 11.500 Quilómetros, segundo uma projecção que fiz vão gastar com alimentação e combustivel cerca de 5.000 Euros (totalidade), isto não será uma afronta aos pensionistas, reformados e desempregados deste Alentejo uma das zonas mais pobres do País.

- E como isto não bastasse ainda marcaram uma jornada deste campeonato para o dia 1 de Maio, esta gente saberá o que este dia significa ou corresponde a nivel mundial e nacional, internamente ainda me lembro de ter que andar a fugir à frente das “tropas” do Cap. Maltez no Rossio, isto não será uma falta de respeito pelas pessoas que lutaram para que este País fosse uma democracia, num país democratico esta gente era imediatamente demitida.
 Não tenho qualquer dúvida em afirmar que estamos entregues a “rapazes do excel”.
- A nivel de organização desportiva, gostava que essa Fundação fizesse cumprir o que está articulado no Dec-Lei 248 A de 2008, meramente o seu Artº. 15 por questões de ética e deontológicas.
- Na linha do parágrafo anterior a função para exercer a função de massagista, também está regulamentada e não cumprida pelas competições promovidas por essa Fundação.

- Lamentavelmente a Agência de Beja do Inatel, está a fazer concorrencia à Associação de Futebol de Beja, existem equipas de CCD a disputar o torneio do Inatel, que não têm um unico jogador morador, ou que tivesse nascido na localidade do CCD, são todos do Algarve, talvez por esse motivo não exista competição nesta Provincia, penso que não era esta a filosofia, nem no tempo da FNAT, quando mais na actualidade, como é descrito no Editorial da Revista Tempo Livre do mês passado pelo Presidente da Fundação Fernando Mendes, em que os pilares era o local de trabalho e local de residencia.

- Que laço pode criar um individuo que mora no Algarve e vem jogar ao Alentejo semanalmente, com a agravante de 15 em 15 dias ter que se deslocar para mais de 120 Km da localidade do “seu CCD”, só vem porque aqui recebe subsídios por jogar futebol, onde isto chegou, não existirão medidas preventivas para que não exista esta promiscuidade no Inatel? 

Cumprimentos
Saudações democráticas
Joaquim Páscoa

16 comentários:

Paulo Jesus disse...

Boas. O senhor é treinador de uma equipa do Inatel,não é?Ou estou enganado? Sou do distrito de Santarém e estou ligado ao Inatel desde 1991.Antigamente chamava-se FNAT,agora Fundação Inatel. Com o passar dos anos,vamos evuloindo em algumas coisas e noutras não. Se o senhor for quem penso,não ponho em causa o seu curso de treinador,mas ir treinar uma equipa que foi finalista a época de 2011/2012 e não o saber,só prova que está alguma coisa mal.
Faço uma sugestão,e a Agência de Beja,que tente fazer como Santarém organiza,e depois vejam se serve os vossos interesses.
Outro ponto que discordo,é a concorrencia desleal da Fundação Inatel,perante as associaçôes de futebol.A Fundação não pergunta aos clubes para participar.quem quer, quer,quem não quer,não quer.Já as associaçôes,fazem pressão sobre os clubes,e não vale a pena dizerem o que quer que seja,porque disso sei o que digo/escrevo. Li a sua entrevista,e por amor de Deus,acho que está no sitio errado.
Policiamento-Os clubes teem que ter 8 elementos obrigatórios,caso a equipa de arbitragem seja agredida por elementos da assistência,a pena é a expulsão da euipa o resto do campeonato. Isto é apenas um exemplo,aconselho o amigo a ler as normas.
Muito mais poderia dizer,mas já vou longo e torna-se maçador,no entanto,caso queira,pergunte e eu estarei disponivel,como eu faço,pergunto quando tenho dúvidas ou não sei.
Saudaçôes Desportivas
Paulo Jesus

Anónimo disse...

este gajo chegou este ano a inatel porque ningeum o quer na distrital ou nacional e pesnsa que é o maior já mete nojo...cale-se e faca um jogo entre os bairros de ficalho e nao precisa vir onde só há jogadores do algarve...mas tem que vir e isso vou me fartar de rir...

Anónimo disse...

gostava que não confundicem os comentarios de este senhor com as convicções e atitudes do clube e das gentes de Ficalho, para alem de não ser de Ficalho, não parece ter as ideias dos ficalheiros, pelo que estou a ver vamos ficar inimigos de todo o distrito apenas por veste senhor estar no sitio errado à hora errada, parece-me que o senhor páscoa deveria estar a escrever para algum jornal ou revista dos anos 40 50 ou 60 porque parece ou ser frustado com a vida que teve ou revoltado com a vida que não teve. bem vou apenas desejar, que os inimigos que este senhor arranje, sejam apenas para ele e não para as pessoas de ficalho e muito menos para a equipa.
cumprimentos ficalheiros para todos os desportistas e para todos aqueles que com o seu esforço fazem que este campeonato funcione da melhor forma.

Anónimo disse...

Ho Joaquim pede para cagar e sai, não andas aqui a fazer nada. queres ganhar a força é?É pá se tens medo compra um cão. faz um favor á malta não apareças mais por aqui começas a tornar-te chato e desagradável.
O melhor é formares tu um campeonato com as tuas regras assim pode ser que ganhes alguma coisa.
se calhar nem sabes o nome dos teus jogadores.És muito fraquinho SR QUIXINHAS DO INATEL DE BEJA acho que assim devias de ser apelidado.
Olha desaparece é um favor que fazes.

Anónimo disse...

espero que não confundam as ideias deste senhor nem com as das gentes de Ficalho nem com as da equipa de ficalho, este senhor ou está revoltado com a vida que teve ou então esta desiludido com a vida que tem. espero que os inimigos que ele arranje fiquem só para ele e não com a equipa da nossa terra, porque ele mais tarde ou mais cedo vai embora e os outros ficam.

Anónimo disse...

espero que não confundam as ideias deste senhor nem com as das gentes de Ficalho nem com as da equipa de ficalho, este senhor ou está revoltado com a vida que teve ou então esta desiludido com a vida que tem. espero que os inimigos que ele arranje fiquem só para ele e não com a equipa da nossa terra, porque ele mais tarde ou mais cedo vai embora e os outros ficam.

Anónimo disse...

não confundam as ideias deste senhor com os ideais dos ficalheiros nem muito menos com a maneira de estar da equipa de ficalho. Espero que os inimigos que ele arranja fiquem só para ele e não para a equipa e para o povo, já que ele mais tarde ou mais cedo vai embora e nós queremos ser sempre respeitosos e respeitados. abraço a todos os intervenientes do campeonato distrital do inatel

Anónimo disse...

Isto nem credito tem simplesmente ridiculo e anedotico!!

antonio ze disse...

sr.JOAQUIM PASCOA. O seu alerta sobre o espirito do inatel e sobre o 1 de maio está correto, mas os cccd gostam de imitar os benficas e portos e outras coisas menos boas. Esta sozinho numa guerra onde tem poucos colegas como voce. Pode ir desabafando pode ser ganhar uma batalha a bem do INATEL. ANTONIO ZE

Anónimo disse...

Senhor Joaquim Páscoa, já vi que os tempos antes do 25 Abril lhe ficaram marcados na sua memória e vida sem dúvida nenhuma pois o senhor em tudo o que fala tem de relacionar sempre com esses tempos. Tenho em primeiro lugar, muito a agradecer a si e a pessoas como o senhor pelo que fizeram para que o nosso País pudesse ter a liberdade que tem hoje em dia e para que pessoas como eu pudessemos ter a liberdade de expressão que pudemos ter. E visto estarmos num País livre parece-me ser permitido dar a minha opinião quanto a alguns pontos e dar-lhe certezas quanto a outros.
Parece-me correta a sua indignação contra os agentes do futebol da INATEL que se inserem nas fichas de jogo como "treinador", "massagista" etc e não têm as verdadeiras habilitações para tal.
Parece-me correta a sua abordagem quanto aos kilometros a percorrer e gastos que têm de se ter devido a isso, mas não compreendo é o porque de toda esta sua "revolta" quanto a isso, mesmo estando o nosso País no estado de crise que está, pois esta situação do sorteio "puro" estava definida desde o ínicio do campeonato e aí ninguém se queixou e por essa mesma razão foi o que ficou estipulado que seria feito. O que não me parece justo, correto ou o que lhe queira chamar, era mudar as regras a meio do jogo, ou pior ainda, a 1 dia do sorteio.
Depois tenho um recado para lhe dar, quando se fazem certas insinuações é preciso ter-se a certeza do que se diz porque se não arriscamo-nos a cair em rídiculo como o senhor o está a fazer ao dizer que os jogadores do algarve se deslocam em troca de subsidios. Da minha parte, da parte da minha equipa, e da parte de mais umas 4/5 equipas em que a sua base são jogadores do algarve não há sequer UM jogador que receba qualquer subsidio, nem valores mensais, nem prémios de jogo ou o que quer que seja, e já agora Senhor Joaquim, em todas estas equipas há mais do que um jogador da terra ao contrário do que o senhor diz, e há também vários que são da terra mas vivem no algarve por questões profissionais e ali acabaram por se estabelecer.

Fica o recado, antes de fazer insinuações têm de se ter certezas, quanto às suas opiniões essas já são livres de serem feitas quer seja por si ou por qualquer outra pessoa.

Um abraço e não "chore" tanto porque você só tem uma deslocação até ao concelho de Odemira de resto até ficou tudo como você queria.

Anónimo disse...

Vou ali rebolar no chão de tanto rir.
Esta carta no fundo nao diz nada de jeito.

LOLOLOLOL

Paulo Jesus disse...

Esqueci-me de dizer mais uma coisa,o dia 1 de Maio,é por "tradição",quando se realizam as finais distritais,á exceção de 1 ou 2 Agências. Mas por aquilo que escreve,foram tempos dolorosos,o que respeito, mas já estamos em 2013,e o tempo não pára. Um abraço
Paulo Jesus

Anónimo disse...

olha o ditador!! o hitler da inatel... preocupa te é em saber receber as equipas adversarias e em deixar de ameaçar arbitros ai em ficalho... fica te melhor...

Anónimo disse...

ja ouvi falar que o sr joaquim nem aos treinos vai, ja tem mais falta aos treinos que os jogadores , tem vergonha e vai-te embora , porque o trabalho que la esta feito ja estava feito e tu acabas com o resto DEMISSAO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

CP disse...

Não há nenhum problema os jogadores do algarve de setubal ou de évora jogarem no inatel de Beja, senão homens que trabalham em lisboa ou estudam em évora mas que têm os pais e os restantes familiares no distrito de Beja não fariam todas as semanas klms para as ver ou se viajam mais é para jogarem futebol na companhia dos seus amigos , não faz sentido isso dos jodadores de fora do distrito.
Se os clubes de inatel querem imitar as equipas que jogam na 1ª distrital têm que fazer mais treinos e pôr mais jogadores a treinarem e pagarem porque o futebol é pago há mais de 100 anos.
A essência do inatel é o convivio , um grupo de jogadores que se juntam ao fim de semana para disputarem um jogo de futebol , treinos e transporte acarreta mais despesas mas isso é problemas das direcções de quem as gere e as direcções que quiserem pagar subsidios não é da nossa conta , ninguém tem nada a ver com isso a não ser os sócios de cada clube.Podemos oferecer dinheiro para ganhar mas não podemos oferecer dinheiro para os outros se deixarem vencer isso sim é que seria grave.
Desde a época 2009/2010 que temos este formato de competição que é errado porque nesta fase faz os clubes gastarem mais dinheiro em deslocações mas são os clubes que se têm que se manifestar.
Com 47 equipas ou mais teria-se feito 4 séries com 11 ou 12 equipas e os vencedores de cada série iriam directamente ao nacional ficando só por apurar o campeão distrital .

Hélder Salvador disse...

Ao ler a carta do Sr. Joaquim Páscoa, senti o desejo de comentar, e concordar com muitas coisas que ali são mencionadas, no entanto, após ler alguns comentários, apeteceu-me desvalorizar, quer a carta, quer os comentários.
À parte de onde de onde vem e o que pretendem atingir, a verdade é que só o facto de aqui estarmos a discernir sobre o assunto, demonstra que nem tudo estará bem na organização do desporto para trabalhadores (futebol Inatel).
Acho que devemos sempre acompanhar a evolução dos tempos,e a Inatel é o que é hoje e não o que foi há dez ou quinze anos, no entanto devo confessar que sinto alguma nostalgia de quando as equipas apresentavam valores semelhantes, havia mais competitividade, as deslocações eram muito mais próximas e muito mais adeptos acompanhava as equipas nessas deslocações.

Porque será que estão a acabar equipas de pequenas localidades?

Com certeza que a chegada á Inatel de equipas que por opção ou por dificuldades abandonaram a distrital tem alguma influência.Pode-se sempre melhorar alguma coisa com a forma de organização, talvez optar por 1ª e 2ª divisão ?,mas, o ideal mesmo é que as provas organizadas pela Associação de Futebol de Beja voltem a ser atrativas e acessíveis, para as equipas com condições e valor para lá estar, poderem voltar.